Blog |

_edited.jpg
Buscar

Pode ter certeza: ninguém vai roubar a sua ideia inovadora.


Como todas as palavras da moda, inovação é algo que todos queremos praticar. Seja na profissão, seja na vida pessoal. Mas o que é de fato inovar?


Vamos aos conceitos:


Segundo o Manual de Oslo, (1990-1992-1997), que tem o objetivo de orientar e padronizar conceitos, metodologias e construção de estatísticas e indicadores de pesquisa de P&D de países industrializados, inovação é a introdução de algo novo em qualquer atividade humana.

Até aí, parece fácil. Mas vamos pensar um pouco. Difícil imaginar algo que ainda não foi feito. Ainda assim, imaginar é mais fácil que inovar. Mas vamos a mais conceitos:


De acordo com Christopher Freeman, inovação é o processo que inclui as atividades técnicas, concepção, desenvolvimento, gestão, e que resulta na comercialização de novos (ou melhorados) produtos, ou na primeira utilização de novos (ou melhorados) processos.

Há várias categorias de inovação, veja:


Inovação do produto (mais amplo: inovação tecnológica): introdução no mercado de novos ou significativamente melhorados produtos, ou serviços. Inclui alterações significativas nas suas especificações técnicas, componentes, materiais, software incorporado, interface com o utilizador ou outras características funcionais;


  • Inovação do processo: implementação de novos ou significativamente melhorados processos de produção, ou logística de bens, ou serviços. Inclui alterações significativas de técnicas, equipamentos ou software;

  • Inovação organizacional: implementação de novos métodos organizacionais na prática do negócio, organização do trabalho e/ou relações externas;

  • Inovação de marketing: implementação de novos métodos de marketing, envolvendo melhorias significativas no design do produto ou embalagem, preço, distribuição e promoção dos mesmos;

  • Inovação Afetiva: Implementação de novos produtos, serviços, métodos que melhorem significativamente a conexão entre pessoas, possibilitando a humanização das relações e o desenvolvimento de soluções cooperativas.


Até aí, em certa medida, todos sabemos o que seja a inovação. São conceitos conhecidos e utilizados. Mas saber difere de compreender. Para de fato compreender o que seja inovação, é necessário não só ter uma ideia, mas ter vivido a experiência de realizá-la e o resultado desse esforço ser efetivamente utilizado por mais pessoas. Tem que ter utilidade.


A ABGI considera que inovação é a exploração de novas ideias com sucesso. E sucesso para as empresas significa, por exemplo, aumento de faturamento, acesso a novos mercados, aumento das margens de lucro, entre outros benefícios.


"Idéia vale 10 centavos a bacia"


No livro Nada Easy, Tallis Gomes, Founder do Easy Taxi repete essa célebre de frase de seu avô (recomendo a leitura).


Ideia, ao ser transformada em realidade, falha. Isso é uma regra, não uma exceção. Por isso que não faz sentido mantê-la em segredo com medo de "roubarem". Quanto tempo, dinheiro, desgaste, noites sem dormir se precisa para fazer com que uma ideia inovadora (logo não é qualquer uma) se torne algo que possa ser amplamente utilizado com sucesso por muita gente?

Vamos para o caso concreto. Aqueles aforismos (que todo mundo repete) do inventor da lâmpada elétrica, Thomas Edison:


Talento é 99% transpiração e 1% inspiração.

Eu não falhei 10 mil vezes. Apenas encontrei 10 mil maneiras que não funcionam.

Então esse negócio de que alguém vai roubar a sua ideia é uma falácia. Para isso, o usurpador teria que ter tempo, recursos, disposição, talento, inteligência, etc. para falhar 10.000 vezes sem que a inovação realmente funcione.


Até existe gente disposta a isso, mas concorda que roubar uma ideia é a parte mais fácil? Os espiões industriais preferem fotografar os projetos e plantas dos concorrentes. Mais barato, rápido e eficiente (deixemos aspectos éticos para outro artigo).


Inovar é não é ter uma ideia diferentona, original. Isso é para os artistas. Quem disser que tem uma ideia genial e infalível, mas que nunca foi testada e validada, está fazendo igual ao Coyote ao tentar pegar o Papa Léguas.


Inovar não é Nada Easy.

4 visualizações0 comentário